Hoje vou-vos contar a história que se passou entre duas amigas. Eram elas a Tânia e a Margarida!

Numa manhã as duas amigas combinaram em casa da Tânia ir estudar para um teste e assim foi como combinaram às 14h a Margarida apareceu na casa da Tânia, estava calor então ela estava com uma minissaia e um top, daqueles que deixa o umbigo à mostra J o teste que iam ter era de Lingua Portuguesa, então começaram por analisar um texto, mas estava muito calor então elas abriram a janela, mas o calor persistia então elas decidiram que se iam pôr em cueca e soutien, e assim foi e continuaram a estudar assim um pouco mais frescas :p de repente a Margarida perguntou se a Tânia não queria ir tomar um banho, e a Tânia alinhou e foram tomar banho juntas, numa banheira deitaram-se uma para cada lado e foi quando a Tânia começou a masturbar-se, a Margarida ficou chocada, nunca tinha visto nada assim, então a Tânia aproximou-se da Margarida e beijou-a, ela ficou ainda mais chocada e tentou fugir, mas a Tânia não deixou, continuou a beija-la e a tocar-lhe nos seios, continuou a descer e começou a masturbar a Margarida, Margarida estava cada vez mais excitada mas não queria mostrar isso, então tentou fugir outra vez, mas a Tânia não deixou e continuou a descer e fez-lhe sexo oral, começou a mover a língua no clitoris, enquanto lhe enfiava um dedo, depois enfiou outro e a Margarida já estava a gemer, cada vez mais alto e veio-se, gritou tanto como nunca tinha gritado com um homem. Ficou envergonhada, mas não deu parte fraca, omeçou a beijar Tânia e fez-lhe o mesmo que tinha acabado de receber,  fez a Tânia vir-se da mesma maneira que ela a tinha feito vir. Então saíram da casa de banho e foram para o quarto, la deitadas na cama, completamente nuas beijaram-se e esfregaram-se tanto uma na outra, vagina contra vagina, que se vieram as duas ao mesmo tempo. De repente tocaram à campainha, e elas ficaram assustadas, quem poderia ser àquela hora? Vestiram-se muito rápido e tânia foi abrir a porta, quando viu que era o seu vizinho do prédio em frente que era um pedaço de mau caminho, então ele disse: enquanto estavas a brincar com a tua amiga, esuqeceste-te de fechar a janela, desculpa mas eu fui para estender a roupa e não pude deixar de ver aquele espectaculo, então aqui estou, espero que agora tu e a tua amiga me satisfaçam, porque so de vos ver estou com uma tusa de todo o tamanho. Tâna disse para ele entrar e ali mesmo na porta começou a tocar-lhe no pau, viu que realmente estava mesmo teso, então ela baixou-lhe as calças e começou a chupa-lo, foi quando Margarida foi até à porta para saber porque que Tânia estava a demorar tano, que viu o que estava a acontecer, então o rapaz que se chamava Tiago disse: Vem, junta-te a nós, já que te estavas a divertir com a tua amiga, diverte-te comigo também. E assim foi, ficaram ali as duas a chupar o pau do Tiago, ate que ele foiu ate ao sofá, disse à Margarida para se sentar em cima dele e pediu à Tania para que se pusesse a jeito de ele lhe fazer sexo oral, então Margarida começou a saltar em cima dele, enquanto ele fazia Tania vir-se. Depois foi a vez de Tania levar com o pau. E ficaram assim durante a tarde toda, trocaram de lugar vezes sem conta, até que no final elas estavam esgotadas, já se tinham vindo tantas vezes que nem conseguiam contar, e ele também veio-se três vezes na boca delas. Entao quando se despediram dele, ele disse: Não se esqueçam, este é o nosso pequeno segredo, agora vou para casa ter com a minha namorada.

(história inventada)

Escrito por: Rach

Num dia quente de verão, o meu namorado veio ter comigo, estávamos no meu quarto a ver um filme, quando de repente houve uma cena de sexo, e eu comecei a ficar muito excitada, então como estávamos tapados com um lençol, eu comecei a masturbar-me sem ele se aperceber, toquei no clitóris e estremeci de prazer, então enfiei dois dedos e de repente solto um gemido, o meu namorado olhou para mim e eu com cara de tarada disse-lhe: estás aí a ver o filme nem te apercebeste da quão excitada eu estou, tive que começar o trabalho sozinha. Então ele diz-me: continua quero ver esse espetáculo na primeira fila, então sentou-se na cadeira da secretaria que eu tenho em frente à cama e ficou ali a ver eu a tocar-me, cada vez mais excitada, e quando estava quase a vir-me levantei-me fui até à cadeira baixei-lhe as calças e comecei a chupa-lo, mesmo da maneira como ele gostava, o pau dele que já estava duro, começou a ficar cada vez mais teso, então levantei-me e disse-lhe: agora quero que me comas de todas as maneiras possíveis, vem-te dentro de mim tantas vezes quantas conseguires, hoje quero ser toda tua, durante a tarde toda. Então ele mandou-me para cima da cama, e possuiu-me, primeiro ficou ele em cima e eu com as pernas nos ombros dele, depois levantou-me só uma perna e comeu-me mesmo assim, eu estava cada vez mais excitada, comecei a gritar e vim-me, foi quando ele disse: nem penses que vai já acabar, é que ainda agora começou, vais implorar para que pare, e eu vou continuar a comer-te até não conseguir mais. Eu gostei do que ele disse, tinha acabado de me vir e acho que já estava pronta para mais 2 ou 3 vezes. Então ele virou-me ao contrário e comeu-me deitada de costas (a minha posição favorita) depois ordenou-me que ficasse de 4 e eu claro obedeci-lhe, tava a gostar tanto. Depois foi a minha vez, virei-o à bruta e sentei-me em cima dele, com movimentos de cima baixo, baixo cima, acho que o deixei doidinho. Depois apeteceu-me dançar o rebolation com ele dentro de mim, devo te-lo deixado maluquinho, pois ele veio-se tanto, tanto, tanto que eu até senti o jacto dele dentro de mim. Aí fui eu que lhe disse: então queres parar ou ainda estas pronto para mais uma? E ele respondeu: mais uma, duas ou três, as que quiseres. Então fizemos o 69, eu comecei a chupar o pau dele, enquanto ele me fazia vir com um sexo oral maravilhoso, o pau dele começou a ganhar forma outra vez, então sentou-se e eu sentei-me de novo no pau dele, desta vez com movimentos de vai-vem… Bem só vos posso dizer que foi a melhor tarde da minha vida! Só paramos quando ouvimos a porta da rua a abrir lá em baixo, era a minha mae a chegar do trabalho, vestimo-nos à pressa e pusemos o filme de novo, quando a minha mae gritou por mim, eu respondi-lhe: Estou aqui em cima a ver um filme com o… a minha mae subiu e entrou no quarto e disse: então meninos esta tudo bem? Ao que eu respondi: sim mãe esta tudo maravilhoso!

(conto inventado)

Escrito por: Rach